Fucus

fucus-2
O fucus vesiculosus foi descoberto como fonte de iodo, e foi desde então usada para tratar o bócio – inchaço na glândula da tireoide em decorrência da sua falta. O seu consumo também  foi defendido como um estimulante da tireoide, que funcionava como uma forma de combater a obesidade aumentando a taxa metabólica.

A espécie é abundante em regiões de costas rochosas abrigadas e, apesar de viver em regiões temperadas e frias dos oceanos, as algas preferem ter como habitat as águas límpidas e arejadas.

PROPRIEDADES TERAPÊUTICAS: No hipotireoidismo, obesidade, úlceras gastroduodenais, hemorragias odontológicas e disfunções da tireóide decorrentes de uma alteração das taxas de iodo.

DICAS DE CONSUMO: colocar 1 colher (de sopa) de folhas em 1 litro de água fervente e deixar repousar por 15 minutos. Coar e beber.
REVISADO: Daniela Dias-Nutricionista CRN8:8162
Linea Verde Alimentos-LTDA.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

Plantas que curam, Rio de Janeiro, v.1, n2. 1983.

LORENZI, H.; MATOS, F.J.A. Plantas medicinais no Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2002. 544p.


Produtos Relacionados