Nem sempre é preciso comer carne para ingerir as substâncias nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. É possível consumir a dose certa de proteínas necessárias sem precisar comer nada vindos de animais. Separamos uma lista de 12 alimentos veganos riquíssimos em proteína.

amendoas

1. Pistache

 O primeiro da lista dos alimentos veganos riquíssimos em proteínas é delicioso pistache, a cada 100 gramas de pistache, 20.9 g correspondem a proteínas.

2. Amêndoas

As amêndoas são capazes de prevenir contra doenças cardiovasculares e ainda contribuir para a saúde dos ossos. Em 100 gramas do alimento, 21g correspondem a proteínas.

3. Castanha de caju

Em 100 gramas do alimento, 15.3g correspondem a proteínas. Além de ser uma importante fonte do nutriente, a castanha de caju também possui substâncias que ajudam a regular as taxas de colesterol no organismo e ainda é boa para o fortalecimento do sistema imunológico, entre muitos outros benefícios para o organismo.

 

4. Quinoa

Em 100g de quinoa, 20g correspondem as proteínas. Ela pode ser consumida no café da manhã ou ao longo do dia em intervalos.

5. Aveia crua em flocos

Em 100 gramas do alimento, 13.9g correspondem a proteínas. Além de ser uma importante fonte do nutriente, a aveia crua em flocos auxilia em uma melhor digestão, ajuda a reduzir o colesterol ruim, entre muitos outros benefícios para o organismo. Consumi-la em vitaminas ou com frutas é uma delícia!

6. Lentilha

Em 100g do alimento, 25g correspondem as proteínas. O ideal para utilizar bem as proteínas é consumir o alimento de forma cozida. Para se ter uma ideia, uma concha de lentilha corresponde ao mesmo do que 100g de carne.

7. Grão-de-bico

A cada 100g do alimento, 20g correspondem a proteínas. Igualmente a lentilha, uma concha do alimento corresponde também a 100g de carne. Portanto, está entre uma das mais ricas fontes de proteínas de origem vegetal, da família das leguminosas.

8. Sementes de Chia

As sementes de chia são também uma grande fonte de proteínas. Com 2 colheres de sopa você pode adicionar até cerca de 3 gramas de proteína para qualquer refeição. Use as sementes de chia em sucos, sobre as saladas, cereais e iogurte, ou até mesmo usá-las como um agente de gelificação totalmente natural para ajudar a fazer pudins, bolos e compotas.

9. Batata

Elas não são apenas carboidratos, uma batata grande contêm cerca de 4,28 g de proteínas. As batatas têm mais a oferecer do que a maioria das pessoas esperam. Uma batata média contém mais vitamina C do que um tomate e mais potássio do que uma banana grande! Não deixe de comer as peles, contêm fibra extra e vitaminas do complexo B.

10. Goiaba

Cada goiaba contem cerca de 4,21 g de proteínas. Goiaba é um dos alimentos mais saudáveis que você provavelmente não está comendo. Com apenas uma goiaba, você tem 4 gramas de proteína, 9 gramas de fibra, e mais de 3 vezes mais vitamina C do que uma laranja grande. Esta fruta tropical também é rica em licopeno, um fitonutriente importante que está ligada a uma diminuição do risco de câncer, doenças cardiovasculares e até mesmo hipertensão.

11. Couve

1 xícara de couve contem cerca de 2,87 g de proteínas. Membro da família do repolho, a couve é embalada com nutrientes de baixa calorias. Uma xícara de couve cozida contém apenas 33 calorias! Ela também fornece fibras, vitamina C, vitamina B6 e antioxidantes, como a luteína, que podem ajudar a manter os olhos saudáveis. Mas a maioria das pessoas não percebem que a couve é também uma fonte de proteína.

12. Aspargos

Acredite ou não, aspargos tem cerca de 3 gramas de proteínas por xícara. Aspargos fornece também ácido fólico, uma importante vitamina B, bem como a vitamina C, ferro e mais de 2 gramas de fibra por xícara.

Como conseguir uma melhor absorção de proteínas vegetais?!

Com necessidade de calorias, a absorção de proteínas vegetais é feita a partir do consumo regular no apoio de aminoácidos, contando com estes elementos como bases de sua alimentação.

Para garantir a melhor absorção de proteínas vegetais, combine alimentos de grupos diferentes e consuma todos estes ao longo do dia entre as principais refeições, correspondendo aos valores nutricionais proteicos do corpo e atendendo às necessidades humanas.

Fonte: Veganize

Menu