Um Pouco de História

O arroz frequenta a mesa de cerca de 2/3 da população mundial, constituindo-se o cultivo alimentar mais importante de vários países, principalmente da Ásia e Oceania. O seu cultivo é tão antigo quanto a própria civilização.

Até o começo do século IX, era pouco conhecido por aqui, hoje é um dos alimentos mais populares do Brasil.

farinha-de-arroz-blog

Benefícios do Arroz
  • Este cereal é veiculo de substâncias bioativas, promovendo efeitos benéficos à saúde, sendo assim, considerado como alimento funcional;
  • O arroz é uma importante fonte de calorias na alimentação humana e mundialmente, corresponde cerca de 20% da necessidade calórica da população;
  • O arroz apresenta entre os cereais maior digestibilidade, maior valor biológico e a mais elevada taxa de eficiência proteica, sendo além de uma fonte de calorias, uma importante fonte de nutrientes;
  • Outra vantagem neste cereal é o fato da farta produção no mercado interno abrindo possibilidades de substituir a farinha de trigo em produção de subprodutos.
Do Arroz a Farinha

Existem diversos tipos de arroz que podem compor a alimentação. Cada um apresenta uma qualidade específica, principalmente devido a sua composição nutricional.

Para todas as classes de arroz (integral, parbolizado integral, parbolizado, polido) a legislação brasileira prevê um mínimo 80% de grãos inteiros para que produto possa ser chamado de arroz. Caso ele não possua este percentual ele pode ser utilizado para outras preparações tais como a do nosso produto.

Processo
  • Nosso produto é derivado do arroz agulhinha;
  • É preparada a partir de quirera de arroz;
  • Seu processo é físico portanto ela é crua mantendo suas características;
  • Passa por um processo de limpeza através de uma selecionadora eletrônica onde dispensa grão impróprios como os verdes ou avariados;
  • Passa pelo processo de moagem triturando os grãos de arroz branco ou integral que sofrem quebras chegando ao subproduto farinha.
A Farinha de Arroz
  • Não contém glúten;
  • Alto valor nutritivo;
  • Fonte de fibras e ferro;
  • Baixa absorção de gordura;
  • Baixo índice glicêmico.
Farinha de Arroz   X   Farinha de Arroz Integral
  • Carboidratos e fonte de energia: carboidrato ou açúcares são a base da alimentação. É um dos principais fornecedores da energia a ser utilizada pelo organismo nos processos de crescimento desenvolvimento e atividades diárias.
  • Fonte de vitaminas: Tiamina – é fundamental em reações de decomposição da glicose em energia.
    Riboflavina: atua no metabolismo de ácidos graxos e aminoácidos.
    Niacina: suas coenzimas fornecem energia para as células no fígado rim, cérebro, eritrócitos e leucócitos.
  • Fonte de nutrientes: Selênio – proporciona melhor funcionamento do sistema nervoso central e do sistema imunológico. Folato – auxilia na prevenção de doenças cardíacas e de doenças congênitas. Magnésio – ajuda aliviar os sintomas severos dos cálculos renais.
    Vitamina B6 – auxilia na redução de reações alérgicas, previne contra doenças cardíacas e contra asma.
  • Auxilia na perda de peso: em virtude das fibras gerarem sensação de saciedade.
  • Reduz colesterol: as fibras também barram a absorção de gordura da dieta, favorecendo a redução do colesterol.
  • Fibras solúveis: esse tipo de fibra de trigo interage com a água formando géis em nosso intestino. Estas aumentam o tempo de esvaziamento fazendo com que demoremos mais tempo para sentirmos fome.
  • Menos gordura e diminui a glicemia: a resposta está no seu alto teor de fibras, quanto maior seu valor, menor é a quantidade de glicose e lipídios absorvidos, tornando a digestão mais lenta, fazendo com que o açúcar e as gorduras provenientes dos alimentos seja assimilado aos poucos.
  • Fibras insolúveis: não interagem com a água, deste modo, não formam géis como as fibras solúveis, mas a principal função destas fibras é aumentar o funcionamento do intestino.
Menu