Pimenta do reino

A pimenta do reino (Piper nigrum), originária do sudoeste asiático, é a uma das principais especiarias utilizadas nas preparações em todo mundo.

Categoria: Tags: , ,

Descrição

A pimenta do reino (Piper nigrum), originária do sudoeste asiático, é a uma das principais especiarias utilizadas nas preparações em todo mundo.

Possui em sua composição uma substância química denominada piperina, que proporciona ardência característica comum das pimentas e tema de muitos estudos científicos.

A pimenta do reino preta é produzida a partir de frutos ainda verdes, que são colhidos e fermentados por um curto tempo e logo após são secos. A diferença entre a pimenta branca e a preta é o processo de produção, as duas são os frutos da mesma planta.


BENEFÍCIOS:

  • É considerada um alimento termogênico;
  • Diminui o apetite;
  • Aumenta a circulação sanguínea;
  • Traz benefícios em casos de desordens respiratórias;
  • Reduz o estresse oxidativo e os processos inflamatórios em doenças;
  • É indicada para prevenir e melhorar quadros de enxaqueca;
  • Possui propriedades antimicrobianas;
  • Combate os sinais de envelhecimento.


DICAS DE CONSUMO:
 é empregada em carnes, peixes, molhos, saladas, conservas e pratos típicos.

VARIEDADES: Grão e pó.


FONTES: 
Daniela Dias Nutricionista CRN8:8162
Linea Verde Alimentos LTDA.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

BONTEMPO, M. Pimenta e seus benefícios. São Paulo: Alaúde, 2007.

Carnevalli, d.b.; Araújo, a.p.s- Atividade Biológica da Pimenta Preta (Piper nigrun L.)-UNICIÊNCIAS, v. 17, n. 1, p. 41-46, Dez. 2013.

DUARTE, M. de L. R. et al. Oportunidades e desafios da pesquisa com a pimenta-do- reino na Região Norte. Belém: EMBRAPA Amazônia Oriental, 2002.

ZANCANARO, D. R-Pimentas: tipos, utilização na culinária e funções no organismo-Centro de Excelência em Turismo – CET, da Universidade de Brasília – UnB, 2008.

 

Menu