Feijão Cavalo

Descrição

Há diversas variedades de feijões (Phaselous vulgaris L.) e o feijão cavalo marrom é um deles. Acredita-se que eles surgiram há mais de 20 mil anos, cultivados pelas civilizações mexicanas.

Estudos indicam que o consumo de feijão associado ao arroz oferece todos os nutrientes essências de uma boa alimentação. Rende ao nosso organismo uma mistura proteica de alto valor e de fácil digestão. Além de ser rica em carboidratos, o componente energético de nossa alimentação.

Os feijões são importante fonte de proteínas, ferro, fósforo, magnésio, manganês e em menor grau, de zinco, cobre e cálcio. Fornecem de 10 a 20% das necessidades de adultos para uma série de nutrientes.

Benefícios:

  • Melhora o funcionamento do trato gastrointestinal;
  • Regula o transporte sanguíneo;
  • Possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias;
  • Reduz doenças coronárias;
  • Preserva a saúde do sistema nervoso.

Dicas de Consumo:

Muito consumido no Sul o feijão cavalo marrom possui grãos que se assemelham a favas de cor forte, marrom avermelhado. Interior macio, porém firme, serve para fazer saladas.

Os grãos do feijão são temperados com cebola, azeite e sal. Costuma-se consumi-los em churrascos. Em algumas regiões do Paraná, chama-se este tipo de “salada de Igreja” por ser bem comum em festas assim.

Fonte: 

Embrapa

Benefícios Naturais

http://www.agricolaepecuaria.com.br/2008/05/origem-do-feijo.html

Menu