fbpx
  1. Início
  2. /
  3. Grãos e Sementes
  4. /
  5. Milho Pipoca

Milho Pipoca

O milho de pipoca pertence à espécie botânica Zea mays L. e apresenta sementes duras e pequenas. Sua origem é incerta, mas estudos indicam que ele surgiu na América há mais de mil anos. Os grãos de milho usados para fazer pipoca foram encontrados por arqueólogos não só no Peru, como também no atual Estado de Utah, nos Estados Unidos.

A pipoca é uma grande aliada do organismo. Durante a industrialização da pipoca Sabor Verde, o milho não perde sua casca, por isso preserva grande parte de suas fibras e nutrientes, trazendo ainda mais benefícios para a saúde.

A pipoca Sabor Verde:

  • Alimento 100% integral;
  • Origem nacional;
  • Alta qualidade;
  • Rico em fibras, versátil e deliciosa.

COMO OCORRE A TRANSFORMAÇÃO DO MILHO PARA A PIPOCA?

Dentro de cada grão de pipoca existe uma pequena quantidade de água, que está envolvida por um pericarpo ( casca). Quando aquecido aproximadamente 170º C, esta água se evapora e com isto aumenta a pressão interna, a pressão então estoura a casca externa, e transforma a parte interna em uma massa pouco consistente de amido e fibras.

DICAS DE CONSUMO: doces, com cacau, com açúcar mascavo, com canela, cravo, salgadas, temperadas, coloridas e enfeites.

FONTE: Daniela Dias-Nutricionista CRN8:8162
Linea Verde Alimentos LTDA.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

GERMANI, R.; PACHECO, C. A. P.; CARVALHO, C. W. P. Características físicas e químicas das principais cultivares de milho pipoca plantados no Brasil. In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 21, Londrina, PR, 1996.

NASCIMENTO, W.M.; BOUTEUX, L.S. Influência do grau de
umidade do grão na capacidade de expansão do milho-pipoca.
Horticultura Brasileira, Brasília, v.12, n.2, p. 179 – 180, 1994.

SAWAZAKI, E. Melhoramento do milho-pipoca. Campinas, SP;
Bragantia. 1995. 19p.

TISSOT, U. F.; ZAMBIASI, R. C.; MENDONÇA, C. R. B. Milho pipoca: caracterização física, química, microbiológica e sensorial.v. 19, n.1,p. 1-12, 2001.

ZINSLY, J.R.; MACHADO, J.A. Milho-pipoca. In: Melhoramento
e produção de milho no Brasil. Piracicaba, ESALQ: Fundação
Cargill. 1978. p. 339 – 348.

Mais produtos!

Linhaça Marrom
Painço
Menu